Jerônimo Goergen quer classificar MST e MTST como grupos terroristas

O deputado Jerônimo Goergen (PP-RS) apresentou um projeto que visa classificar o Movimento dos Sem Terra (MST) e o Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) como grupos terroristas; segundo ele, sua proposta visa coibir atos que "ultrapassam o limite Constitucional".

O que diz o deputado:

- Ele [o outro projeto] não trata da forma como eu trato. Ele tenta transformar em ato terrorista e aumentar pena para manifestações. Eu não tenho nenhum problema em relação a manifestações.

Avanço do PIB do RS em 2017 surpreende até o RS

Até a FEE mostrou surpresa diante dos números que o Banco Central mostrou sobre o crescimento da economia gaúcha no ano passado.

O PIB avaliado pelo BC, o Índice de Atividade Econômica, IBC Br, avançou 2,3% no RS, mais do que o dobro do PIB do Brasil, que foi de 1,04%.

Nagelstein fará cirurgia no dia 3 de março

O presidente da Câmara de Porto Alegre, Valter Nagelstein, confirmou ao editor que ficará fora do cargo por 15 dias. Ele fará cirurgia no estômago. O vereador esteve internado no início do mês, depois de uma crise de diverticulite.

Durante a ausência de Nagelstein, assumirá a vereadora Mônica Leal, PP.

Publicidade - Venha conhecer, neste final de semana, o Atlândida Green Square, Xangri-Lá, RS.

O Atlântida Green Square é um complexo de edifícios de alto padrão na praia de Atlântida, Xangri-Lá, RS, empreendimento de Joal Teitelbaum Escritório de Engenharia. Os apartamento em ofertas, 3 suítes, vão de 130 m2 a 297 m2. Amplas áreas de lazer, esportes e serviços, inclusive pay per use. Av. Central, quadra 197. Fones (51) 3019.1083 e (51)99954.010.

CLIQUE AQUI para examinar fotos e todas as informações sobre o complexo e seus serviços.

Quem é Rodrigo Tacla Duran, o advogado que o PT usa para atacar Sérgio Moro, envolvido até o pescoço na Lava Jato

Ex-funcionário da Odebrecht teve mandado de prisão expedido pelo juiz Sergio Moro, mas está foragido na Espanha. Duran é investigado na 48ª fase da Lava Jato deflagrada nesta quinta-feira. Tacla Duran é usado pelo lulopetismo para caluniar o juiz Sérgio Moro.

A reportagem é de Kelli Kadanus, Gazeta do Povo, Curitiba. Leia tudo:  

Apontado pela força-tarefa da Lava Jato como “um grande operador” do esquema de corrupção, o advogado Rodrigo Tacla Duran voltou a ser alvo de uma nova fase das investigações nesta quinta-feira. Segundo os procuradores, empresas de fachada ligadas ao advogado receberam recursos de empresas envolvidas na 48ª fase da Lava Jato, que mirou em contratos de pedágio no Paraná.

Duran teve a prisão preventiva decretada em novembro de 2016 pelo juiz federal Sergio Moro. Ele chegou a ser preso na Espanha, mas acabou liberado em seguida. O país europeu não concedeu a extradição porque Duran tem dupla cidadania. Segundo o procurador da República Diogo Castor de Matos, estima-se que o advogado tenha recebido em torno de R$ 60 milhões de empresas investigadas na Lava Jato.

Segundo Matos, Duran utilizava a advocacia como fachada para lavar dinheiro do esquema de corrupção. 

CLIQUE AQUI para saber mais.

Estados com PMs mais eficazes e disciplinados possuem TJM: SP, Minas e RS

SP, Minas e RS possuem TJMs.

Ao contrário do que faz crer o lulopetista Psol do RS, que insiste com a proposta de extinção da Justiça Militar do Estado, não é apenas aqui que existe este tipo de Corte.

Minas e São Paulo também possuem TJM.

Não é por acaso que RS, SP e Minas são Estados onde as PMs são melhor avaliadas e operam de modo mais eficaz e disciplinado.

O Rio de Janeiro, cuja desordem pública obrigou o governo federal a decretar intervenção, não possui TJM e os processos que se relacionam com PMs vão para uma das varas do Tribunal de Justiça, onde apenas uma juíza trabalha.

No RS, o TJM conta com 4 auditorias e uma segunda instância. Na Corte recursal, os casos são decididos em 60 dias, enquanto que nas auditorias os processos não passam de um ano.

"Os brigadianos e a sociedade não podem ficar na dúvida sobre o destino de cada caso", disse esta tarde ao editor o presidente da TJM, coronel Paulo Mendes. O coronel esteve ontem no CNJ, Brasília, e constatou que o próprio CNJ só monitora os três TJMs e não as varas que operam na justiça comum de todos os Estados.

Falta trabalho para 26,4 milhões de brasileiros, diz IBGE

Clique em cima das imagens para ampliar e examinar melhor. São gráficos do site G1.

Faltava trabalho para cerca de 26,4 milhões de brasileiros no quarto trimestre de 2017, de acordo com a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) trimestral divulgada nesta sexta-feira pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística.

Esse número representa os trabalhadores subutilizados no país, grupo que reúne pessoas que poderiam trabalhar, mas estão desocupadas, e aqueles que trabalham menos de 40 horas semanais.

O índice de subutilização atingiu 23,6% da força de trabalho no quarto trimestre de 2017, uma queda em relação trimestre anterior, de 23,9%, mas ainda acima do registrado no mesmo período do ano passado, de 22,2%.

Estes são considerados trabalhadores subutilizados e quantos estavam nessa condição no 4º trimestre de 2017:

CLIQUE AQUI para saber mais detalhes.

Mesmo deficitária, estatal federal Trensurb terá que pagar URV de R$ 105 milhões para seus empregados

A Trensurb, a estatal federal que opera o metrô de superfície Porto Alegre-Novo Hamburgo, altamente deficitária, recebeu notificação judicial para pagamento do processo da URV.

A URV, Unidade Real de Valor, fez a transição entre o cruzado novo e o real, e muita gente se sentiu prejudicada pela conversão, como é o caso dos servidores da Trensurb.

Em cinco dias a estatal terá que se virar e pagar aos empregados. 

O valor é de R$ 105 milhões. 

Este valor equivale à venda de bilhetes - de todos os bilhetes -  pelo período de 1 ano. 

Morreu o jornalista João Batista Marçal

Morreu hoje, sexta-feira, o jornalista João Batista Marçal. Ele trabalhou em mais de 10 rádios de Porto Alegre. Durante a ditadura militar, foi preso 27 vezes. Ele estava aposentado, recebendo como ex-servidor público do INSS e por conta de indenização autorizada pela anistia.

O velório ocorre no cemitério de Viamão, onde o corpo do jornalista será cremado, amanhã de manhã.

João Batista Marçal nasceu no município de Quaraí, interior do Rio Grande do Sul, em 4 de novembro de 1941.

ADM compra Bunge, cujo valor de mercado é de US$ 11,5 bilhões

A trading norte-americana de grãos Archer Daniels Midland (ADM) anunciou hoje que comprou a rival Bunge.

A Bunge tem valor mercado de US$ 11,5 bilhões.

No RS, a Bunge controlou durante muitos anos a Samrig.

Onyx lidera missão de Bolsonaro para a Ásia

O deputado gaúcho Onyx Lorenzoni já está na Coreia do Sul, acompanhando a missão liderada pelo deputado Jair Bolsonaro. O candidato presidencial quer conhecer experiências nas áreas de saúde, educação e novas tecnologias.

Onyx foi quem organizou a viagem.

A missão irá também ao Japão e Taiwan.

Não há custo para a Câmara.

O deputado Onyx Lorenzoni ainda não decidiu se disputará novo mandato ou se disputará o governo do RS.

Ele também estava cotado para ser vice de Bolsonaro, mas avisou que Bolsonaro precisa de um vice do Nordeste.

Fitch rebaixou nota de risco do Brasil

A agência Fitch acaba de rebaixar a nota de risco do Brasil de BB para BB-.


A decisão foi tomada após a confirmação do adiamento da tramitação da reforma da Previdência no Congresso.

Chineses da China Merchants Port compram porto de Paranaguá por R$ 3,2 bilhões

A operadora de terminais China Merchants Port (CMPort) comprou o porto de Paranaguá por R$$ 3,2 bilhões. Foi nesta quinta-feira. A estatal chinesa passará a operar e controlar 90% do Terminal de Contêineres de Paranaguá (TCP).  A empresa chinesa na aquisição, a CMPort também deve investir cerca de um R$ 1 bilhão no porto. 

O porto de Paranaguá é o segundo maior do Brasil e está localizado em ponto estratégico para escoamento de produtos agrícolas para a China.

MP do RS põe tropas nas ruas para combater fraudes em São Leopoldo e Alvorada


O Ministério Público do Rio Grande do RS está na rua, porque desencadeou, nesta sexta-feira, uma operação contra fraudes em licitações de órgãos municipais e estaduais de São Leopoldo e Alvorada, na Região Metropolitana. Foram cumpridos três mandados de prisão e sete de busca e apreensão nos dois municípios, mas também em Porto Alegre e Viamão.

As investigações apontaram pagamento de propina a agentes públicos para garantir vantagens na obtenção e fiscalização de contratos no Serviço Municipal de Água e Esgoto (Semae), em São Leopoldo, e na Corsan e Secretaria Municipal de Educação de Alvorada.

Juízes federais negam movimento para decretação de greve no dia 15

A Associação dos Juizes Federais, Ajufe, acaba de negar qualquer movimento de paralisação para o dia 15 de março.

Inflação do IPCA-15 de fevereiro é a menor em 15 anos


O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo 15 (IPCA-15) teve variação de 0,38% em fevereiro – sendo a menor taxa para o mês em 18 anos e a segunda menor desde a implantação do Plano Real, em 1994. O dado, que foi divulgado nesta sexta-feira pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

No acumulado dos últimos 12 meses, o IPCA foi de 2,86% - ficando abaixo dos 3,02% registrados nos 12 meses imediatamente anteriores. No ano, o índice acumula 0,77%, menor taxa nesse período desde a implantação do Plano Real.

Agregador, Cherini é pela quarta vez coordenador da bancada federal do RS

O deputado Giovani Cherini, PR, conseguiu o inédito feito de se reeleger pela quarta vez para o cargo de coordenador da bancada federal do RS. Cherini é notável agregador.

Tem que acabar com a Constituição de 88

Tem que desmontar a PM e a Polícia Civil do Rio

Se não dissolver e remontar a PM e a Polícia Civil do Rio, nada feito.

PM do Rio tem mais sargento do que soldado, diz Folha


A Folha fez as contas e descobriu que há mais sargentos na PM do Rio (15.070) do que soldados (14.870) e cabos (7.300).

Para sublinhar o absurdo fluminense: a PM de São Paulo conta com 10.600 sargentos, 31.500 soldados e 35.800 cabos.

Fecomercio era usada para pagar advogados de Lula


O blog Antagonista de hoje revela em primeira mão a representação do MPF no âmbito da Operação Jabuti, que prendeu hoje Orlando Diniz, presidente da Fecomércio, RJ, e afastado recentemente do Sistema S no Rio.

No documento, o MPF identifica como “suspeitos” os pagamentos ao escritório de Roberto Teixeira, advogado e compadre de Lula, sócio de Cristiano Zanin,  que somaram R$ 10 milhões.

Em depoimento ao MPF, Danielle Paraíso, ex-mulher de Orlando, deu detalhes dos pagamentos. Ela contou, por exemplo, que Teixeira exigiu o pagamento adiantado de R$ 1 milhão e que o dinheiro foi pago através do doleiro Álvaro Novis, que prestava serviço para a Odebrecht.

CLIQUE AQUI para examinar a denúncia do MPF.

MPF contra Fecomércio


Indicador de Clima Econômico da América Latina (ICE) apontou para recuperação, dizem FGV e IFO

O Indicador de Clima Econômico da América Latina (ICE), divulgado ontem pela FGV e o instituto alemão IFO, apresentou um quadro de melhora das percepções em relação à América Latina. O indicador, construído a partir do saldo entre a proporção de avaliações positivas e negativas, alcançou 1,5 p.p. em janeiro. Trata-se do maior saldo desde abril de 2013 (1,6 p.p.), revertendo a sequência de resultados negativos desde então. Considerando-se a abertura, o componente que captura as percepções em relação à situação atual que passou de -43,8 p.p. em outubro para -31,8 p.p. em janeiro. Já o indicador de expectativas recuou de +53,9 p.p. para +41,3 p.p. no mesmo período. 

No Brasil, especificamente, o ICE atingiu -16,5 p.p. nesta leitura. 

O resultado é positivo, mostrando recuperação dos países da região. 

A continuidade do crescimento da economia mundial (cuja média do indicador está em +26,1 p.p.) para os próximos trimestres, deverá favorecer a América Latina como um todo.

CNI constata que industrial mantém nível alto de confiança na economia

O Índice de Confiança do Empresário Industrial (ICEI) recuou 0,2 ponto na passagem de janeiro para fevereiro, atingindo 58,8 pontos, de acordo com pesquisa divulgada ontem pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) a partir de uma amostra de quase 3 mil empresas de todos os portes. Esse resultado ficou acima do nível neutro (50 pontos) e, pelo sexto mês consecutivo, também foi superior à média histórica (54,1 pontos). 

Na abertura por componentes, o índice de condições atuais aumentou 0,1 ponto, enquanto o de expectativas para os próximos seis meses recuou 0,4 ponto. 

Em ambos os casos, os níveis atingidos estão acima do patamar neutro, mostrando que o empresário industrial percebe melhora nos negócios e segue otimista. 

FGV diz que industrial está cada vez menos pessimista

Os dois indicadores de confiança, divulgados hoje pela FGV, apresentaram direções distintas na leitura de fevereiro:

1) A prévia do Índice de Confiança da Indústria (ICI) subiu 0,2%, para 99,6 pontos, após a estabilidade verificada em janeiro. Esse movimento foi influenciado pelo componente de expectativas, que avançou, enquanto o de situação atual registrou queda. O nível de utilização da capacidade instalada (NUCI), por sua vez, avançou para 75,3%, o maior desde meados de 2015. 
2) Já o Índice de Confiança do Consumidor (ICC) recuou 1,4 ponto, para 87,4 pontos, após a alta de 0,4% no mês anterior. Essa baixa, a primeira desde agosto, foi puxada pelos dois componentes do indicador. Os dois dados, em geral, reforçam a percepção de retomada da economia brasileira, mas em ritmo ainda gradual. 

O nível neutro dos dois índices é 100. 

Dessa forma, enquanto o empresário industrial tem reduzido o seu pessimismo, caminhando para o patamar neutro, as percepções do consumidor apresentaram correção neste mês, mas ainda estão em nível elevado.

Projeto com "emendas" ao projeto de adesão ao RRF dos Estados vai semana que vem para a Assembleia

Será enviado para a Assembleia, semana que vem, o projeto com as "emendas" propostas por deputados da base aliada, tudo para inclusão no texto do projeto de lei complementar que autoriza adesão do governo ao RRF dos Estados.

Algumas das "emendas" são perfunctórias, porque integram o próprio texto do acordo.

Uma das "emenda" proíbe aumentar ICMS,IPVA e Imposto de Transmissão durante a vigência do RRF. Mas é assim que se faz política atualmente no RS.

BNDES vai lançar moeda eletrônica, tipo Bitcoin

A plataforma tecnológica para viabilizar a moeda digital foi desenvolvida em parceria com o banco alemão KfW.

Ministro Barroso diz que seria "trágico" acabar com prisão de criminoso condenado em segunda instância

A revisão é claramente apresentada para livrar Lula da cadeia. Lula foi condenado a 12 anos de cadeia porque é corrupto.

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luís Roberto Barroso afirmou em entrevista à jornalista Miriam Leitão que será 'entre muito ruim e trágico' se a Corte reverter a prisão após condenação em segunda instância. O assunto voltou à tona com o julgamento de Lula pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4).

"Eu acho que essa discussão vai se colocar em algum momento e será entre muito ruim e trágico se o Supremo reverter essa decisão. Quando se passou a permitir a execução depois da condenação em 2º grau, pela 1ª vez, a imensa quantidade de ricos delinquentes que há no Brasil começou a evitar cometer crimes e a colaborar com a Justiça para tentar minimizar as suas penas", afirmou Barroso.
Segundo o ministro, a medida é eficaz para punir a criminalidade do colarinho branco. "Porque pobre é preso antes da sentença de 1º grau. Ele é preso em flagrante e não sai mais. Ele é preso com droga e não sai mais", completou.

Barroso citou ainda uma pesquisa encomendada por ele ao Superior Tribunal de Justiça. O levantamento revelou que apenas 0,62% dos recursos de advogados de defesa resultou na absolvição dos réus. 

CLIQUE AQUI para ler mais.

Conheça a nota de Lula que o JN não leu sobre o caso do Instituto Lula

Os advogados de Lula, Cristiano Zanin à frente, distribuíram a cópia da nota que enviaram para o Jornal Nacional e que a Globo não veiculou, tudo em relação ao conjunto de 21 novos e-mails que Marcelo Odebrecht entregou ao juiz Sérgio Moro e que foram anexados ao processo sobre o Instituto Lula:

- O material de Odebrecht foi juntado extemporaneamente, quando todas as testemunhas do processo já tinham sido ouvidas. Além disso, é no mínimo estranho que ele diga que achou as correspondências em cópia de material que estava em posse da Polícia Federal e dos procuradores da Lava Jato, que jamais disseram ter conhecimento dos documentos. Os supostos e-mails foram apresentados apenas em arquivo pdf, desacompanhados das vias eletrônicas", diz trecho da nota assinada pelo advogado Cristiano Zanin Martins, que afirma que "pedirá o descarte do material ou então que seja apurada a sua idoneidade.

A nota nada fala sobre o conteúdo dos e-mails, que detonam Lula de uma vez por todas neste caso, porque narra os eventos de corrupção com grande precisão de nomes, datas e valores.

Artigo, Fábio Medina Osório, O Globo - Mandado coletivo é necessário

Serve para adentrar residências em busca de armamentos ou mesmo na perseguição a criminosos foragidos, sem falar na busca de produtos de crimes.

CLIQUE AQUI para ler, também, "Mandado coletivo, uma falsa polêmica", artigo do ministro Raul Jungmann.

Alguém tem dúvida de que a residência é local inviolável, nos termos do artigo 5º, capítulo 11, da Constituição Federal ? As exceções são as hipóteses previstas de prévia ordem judicial, flagrante delito ou desastre, e para se prestar socorro.

Tratemos, então, da prévia ordem judicial, que remete ao mandado de busca e apreensão, disciplinado no artigo 243 do Código Processual Penal. Esse dispositivo estabelece que se deve indicar “o mais precisamente possível a casa em que será realizada a diligência e o nome do respectivo proprietário ou morador”.

CLIQUE AQUI para ler tudo.

STN já está com texto da releitura da proposta gaúcha de adesão ao RRF dos Estados

A Secretaria do Tesouro Nacional poderá receber ainda hoje a releitura da proposta de adesão do governo gaúcho ao RRF dos Estados, o que aconteceu depois das votações da Assembleia que deram aval para que o Piratini avance nas negociações com o Planalto.

A releitura foi concluída esta semana em reuniões sucessivas que contaram com a presença de gente da PGE e secretaria da Fazenda.

O vice-governador José Paulo Cairolli estava presente.

Na semana que vem, depois do exame preliminar da STN, serão retomadas as reuniões em Brasília.

Juízes Federais querem greve, dia 15, para garantir auxílio-moradia

O presidente da Associação dos Juízes Federais do Brasil (Ajufe), Roberto Veloso, diz que a paralisação prevista para 15 de março, tudo para defender a manutenção do auxílio-moradia, será decidida pelos associados, que já estão sendo consultados.

Greve de juiz é ilegal.

A presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia, marcou para 22 de março o julgamento que vai decidir se os juízes têm direito ou não ao benefício, que permite que a maioria deles ganhe acima do teto constitucional, hoje em R$ 33,7 mil.

CLIQUE AQUI para ler editorial da Folha de hoje, "Sem juízo".

Governo Temer, mais populista, lança canal infantil "Enzo e Valentina"

O governo de Michel Temer (PMDB), lançou nesta quarta-feira o primeiro vídeo do canal infantil da presidência “Coisas que Merecem Like”.

Serão postados no canal, três vídeos por semana.

Os dois protagonistas foram batizados com os nomes de Enzo e Valentina. O primeiro vídeo “Lugar sujo é zoado” fala de “faxina no quarto”. 


Segundo o jornal O Globo, o canal faz parte da estratégia do governo de fortalecer sua presença nas redes sociais. 

Câmara decide votar regulação dos serviços de aplicativos, tipo Uber, em Porto Alegre

O presidente da Câmara de Vereadores, Valter Nagelstein, disse ontem a noite ao editor que a Mesa Diretora e os líderes de Partidos decidiram priorizar a votação de dois projetos de Marchezan, ambos versando sobre o transporte individual de passageiros em Porto Alegre:

- A regulação dos serviços de aplicativos, tipo Uber.
- Nova legislação sobre serviços de táxi.

O projeto sobre aplicativos foi enviado em julho do ano passado e desde novembro está apto para votação.